Bolsonaro apresenta PEC que extingue mais de 1.200 municípios, sendo 11 em Sergipe

Municípios pequenos com menos de 5.000 habitantes e arrecadação própria menor que 10% da receita total podem estar com os dias contados. Nesta terça-feira (5) o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, apresentaram a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Pacto Federativo, que entre outras medidas prevê a extinção de mais de 1.200 municípios brasileiros.

Caso a PEC, que foi entregue ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre, seja aprovada pelas duas casas legislativas, a Câmara dos Deputados e o Senado Federal, Sergipe perderá 11 municípios que se enquadram no texto da proposta legislativa. O município extinto terá que ser incorporado ao município vizinho.

Em todo o Brasil, pelos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), serão 1.254 municípios que deixarão de existir, o equivalente a 22,5% do total de 5.570 municípios brasileiros.

Caso a PEC seja aprovada pelo Congresso Nacional deixarão de existir em Sergipe os seguintes municípios: Amparo do São Francisco (2.686 habitantes), Cumbe (3.961), Canhoba (3.952), Itabi (4.903), Malhada dos Bois (3.428), Pedra Mole (3.244), São Francisco (4.179), São Miguel do Aleixo (3.921), Santa Rosa de Lima (3.899), General Maynard (3.302) e Telha (3.118 habitantes).

Por Redação Hora News
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Veja Também

Sergipe registra nas últimas 48 horas quase 2 mil casos de Covid-19 e 42 mortes pela doença

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou neste final de semana (sábado e domingo) …

Open chat
Fale Conosco